Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

daraopedal.pt

daraopedal.pt

22
Mai07

BTT - Sb Messines - Barragem do Funcho

daraopedal

Como forma de divulgar as potencialidades da futura Via algarviana , foram organizadas pela associação Almargem, uma série de actividades na zona da Barragem do Funcho, próximo de S. Bartolomeu de Messines. As actividades foram um percurso pedestre, um trajecto de BTT e uma actividade de canoagem na barragem. 

O ponto de encontro foi a Igreja de SB MEssines .

 

A actividade que escolhi foi, obviamente, o percurso de BTT .

O percurso passa junto à linha de comboio do Algarve.

O caminho é tecnicamente fácil e sem grandes dificuldades físicas.

Passagem num túnel debaixo da linha de comboio.

Subida até à ermida de Sant'Ana .

A Ermida de Sant'Ana . Muito moderna! Até tem acumulador solar! :-)

A vista da zona da capela sobre o rio Arade .

Pedalando em direcção à barragem.

A barragem é logo ali.

Passagem técnica junto à água.

Aspecto da barragem

Aspecto da barragem

Uma pequena paragem antes de atravessar a ponte para reagrupar o pessoal. O passeio foi guiado pelo pessoal da ExtremoSul que foram impecáveis e respeitaram o ritmo de toda a gente. Acho que foi aquilo que pela 1ª vez se pode realmente chamar um "passeio BTT ".

Passagem pela ponte.

Seguindo um dos braços da barragem. Na margem, uma antiga escola primária, agora alagada pelas águas da barragem.

A dita escola. A imagem deixa um misto de curiosidade e tristeza no ar, por ver algo que deixou de ser..

Uma pequena descida muito rápida.

Chegada à barragem propriamente dito. Como o pessoal da caminhada ainda não tinha chegado ao ponto de encontro, optou-se por regressar a Messines para recuperar os carros e regressar por estrada.

Passagem pelas margens do Arade .

Uma "falha geológica" impediu o pessoal de passar a pedalar :-)

Passagem por uma ponte metálica debaixo da ponte do comboio, só faltou mesmo o comboio passar nessa hora.

 

Travessia do rio: alguns pedalaram, outros foram à mão.

Pelos campos e pelas vinhas.

Os campos estavam cheios de flores.

Outra passagem por uma ribeira e por uma ponte. A travessia era mais fácil.

Algumas travessias foram em grande estilo!

Os campos coloridos pelas flores.

Um single track muito engraçado já perto do final.

Regresso ao ponto de passagem do início: a linha de comboio. Muito pessoal estava estranhamente a olhar para as pernas e a queixar-se. Quando perguntei de que se tratava disseram-me: "caraças"!!! Olhei para as minhas pernas e também lá andavam três ou quatro! Que nojo! Esse parasita, além de nojento quando está encharcado em sangue do hospedeiro, é também muito perigoso devido à febre da caraça. (Para já está tudo bem não tou ). Depois chegámos a Messines e regressámos à barragem para as outras actividades.

De tarde, o passeio de canoa pela barragem foi agradável e a água estava um caldinho. Sem dúvida uma grande actividade organizada pela Almargem. Parabéns.

A ficha de altimetria .

O percurso (a azul)

21
Mai07

BTT Salir - Festa da Espiga 2007 - Rescaldo

daraopedal

No passado fim-de-semana, integrado no programa da festa da Espiga de Salir, realizou-se um passeio BTT organizado pelo BTT Loulé.

O ponto de encontro foi frente à junta de freguesia de Salir.

Início do passeio - Passagem pelo recinto da festa.

O percurso orientou-se para Oeste à Saída de Salir, em direcção à Rocha da Pena, por caminho no meio de campos.

Chegada ao lugar de Beiradas.

O calor, apesar de serem apenas 10 horas da manhã, já era bem elevado.

Um sombrinha sabia sempre bem.

Com a rocha da Pena no horizonte.

Um pequeno engarrafamento em pleno campo numa zona de um single track mais estreito. Toca a andar em filinha e com as devidas distâncias.

Aqui começou a subida que rebentou muita gente. Apesar de terem passado apenas cerca de  6 km o calor e a subida muito íngreme deixaram muita gente com os "bofes de fora". É com calma pessoal! Tou farto de avisar!

Continuação da subida. Aqui, até foi necessário empurrá-la à mão e mesmo assim, no fim da subida, muitos rebentaram.

E a subida continua...

Depois, chegada à zona do café antes da subida à rocha da Pena. Mais subida...

Finalmente chegada ao cimo, à zona dos moinhos da rocha da Pena.

A partir daqui foi sempre a abrir numa descida espectacular! Muito rápida, muito sinuosa - resumindo - muito boa! Foi a melhor parte do percurso!

A vista antes da descida.

O fim da descida é aqui. Claro que não estavam à espera que eu parasse a meio da descida para tirar umas fotos, pois não? Aquilo foi sempre a coooortir!

Depois o percurso foi mais calmo (ainda bem) e a aguentar o (penoso) calor.

Aspectos do barrocal algarvio de Salir.

Aspectos do barrocal algarvio de Salir.

A partir daqui houve umas confusões. Apesar de estar marcado, algumas marcações desapareceram. Houve quem se perdesse e fizesse um percurso alternativo. O percurso era de 27 km, no entanto acabei por fazer apenas 22 km. Não percebi onde me enganei. Sei também que não passei pela zona onde estava o reabastecimento com água, o que foi mau porque a minha acabou muito rapidamente.

Travessia de uma ribeira.

Pelos campos.

O trilho aqui era mesmo pelo meio da erva do campo. Muito original.

O gráfico de altimetria mostra bem a dureza da tal subida e (claro) o gozo da descida.

A negro, o percurso do passeio. Foi positivo apesar da dureza devido ao calor e dos erros do percurso.

Boas pedaladas

Daraopedal

11
Mai07

BTT Aljezur - Rescaldo

daraopedal

Um passeiozinho pela zona espectacular de Aljezur.

O encontro estava marcado junto ao pavilhão municipal.

Logo após a partida, o pessoal começou logo a abrir. Eu que ia para fazer os 48km sem stress e para curtir a paisagem, fui nas calmas.

Logo no início surgiram umas subidas valentes e foi logo ver o pessoal a abrandar o ritmo :-)

Afinal tanta pressa e... tudo à mão! Pena é que obrigava toda a gente a andar a mão, mesmo que não quisesse.

A vista, com o mar no horizonte.

A vegetação, as flores de esteva e as ruínas .

Mais vegetação! O Algarve parece um jardim com flores em todo o lado.

O trilho em direcção ao mar.

Quase, quase na praia!

A descida para a praia. simplesmente espectacular. Uma descida muito rápida e muito técnica no final, onde foi necessário ter algum cuidado com o pessoal menos experiente.

Costa Vicentina - Praia de Vale Figueira

A mesma praia - perspectiva norte

Sempre a descer.

A famosa descida!

A zona do 1º reabastecimento na praia. Até aqui tudo impecável. Bom reforço e toda a gente satisfeita. Aqui se separavam os dois percursos. Quem fazia 48 km ia pela praia, quem fazia os vinte e pouco quilómetros tinha de subir outra vez.

Início da "pedalada" pela praia

Tempo para umas fotos of my precious "

Trilhos pela praia. Foram 2,5km pela areia bem dura que proporcionou uma sensação fantástica!

Mais fotos da precious "

Foto em andamento!

Depois da praia (o que é bom acaba depressa) toca a regressar às subidas.

A zona é propícia aos desportos radicais de água salgada :-)

Percorreu-se parte de um dos trilhos marcados da aldeia da Bordeira.

Uma pequena barragem em plena serra.

Um prado de cores!

Gostei muito desta foto!

Já a chegar a Aljezur, houve tempo para uma descida muito boa.

Uma pequena passagem pela ribeira, bom para refrescar (leia-se molhar completamente) os pés.

Mais cores e flores.

Uma cúpula de vegetação.

Passagem junto à ribeira de Aljezur no centro da vila.

No total, 49km . Gostei do percurso e do passeio embora confesse que a organização falhou em alguns aspectos. As marcações de folhas de papel em placas de plástico foram desaparecendo (arrancadas por alguém?) e houve gente que se perdeu ou cumpriu um percurso que não era o percurso definido e acabaram por fazer mais quilómetros. Houve muita gente que reclamou no final e inclusive no Forumbtt . Acho que não foi nada de especial, andei a maior parte do percurso nas calmas e sempre sozinho e bastou-me parar e observar os trilhos para ver por onde era. Não me perdi. Talvez muita gente se tenha esquecido de que era um passeio e não uma prova para andar sempre a abrir. No final, o almoço (feijoada) foi bom, aquilo é que era fome.

Gostei do passeio e da passagem pela praia em especial.

 

Boas pedaladas

Daraopedal