Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

daraopedal.pt

daraopedal.pt

19
Fev09

Estou a pensar ir #13

daraopedal

No próximo dia 22 de Março de 2009, o BTT Albergaria irá realizar em parceria com a Expoflorestal - www.expoflorestal.net - o seu passeio convívio anual pelos trilhos do concelho de Albergaria-a-Velha.

Em relação ao ano passado vamos ter algumas novidades e o percurso será bastante diferente. Haverá dorsais, brindes, reforço, lavagem para homens e para máquinas, e no final um belo porco no espeto e bebidas (águas, sumos, cerveja) para a malta conviver. Tragam amigos, esposas, namoradas, filhos (este ano também vai haver passeio para acompanhantes) e boa disposição, pois queremos fazer deste dia uma grande festa do BTT!

Percurso:
45 km (Dificuldade Técnica e Fisica Média) com abastecimento sólido e liquido ao km 20, no recinto da expoflorestal.

Programa:
8h – Abertura do Secretariado na sede do Clube de Albergaria, Zona Desportiva de Albergaria-a-Velha.
8h30 - Concentração dos participantes no mesmo local.
8h50 – Encerramento do Secretariado. Informações e esclarecimentos aos participantes.
9h - Partida

Inscrições:
O custo da inscrição é de 5€ por atleta e 5€ por acompanhante.
Para atletas inclui dorsal, abastecimento, banhos, lavagem de bikes, almoço e brindes. NÃO INCLUI SEGURO! Para acompanhantes inclui passeio pelo concelho de Albergaria-a-Velha em autocarro da Câmara Municipal e almoço.

As inscrições apenas serão validadas após a recepção dos comprovativos de transferência para o NIB: 0035 0015 00012 549431 24 (Clube de Albergaria). E-mail para envio de comprovativos e outras questões: geral@bttalbergaria.com

10
Fev09

Aventura na Neve - Snow Down Freita

daraopedal

As notícias e informações da família davam conta de nevões sucessivos na Freita e a altitudes mais baixas e eu longe da neve... Sentia uma falta enorme da neve.

Quando me apercebi que este fim-de-semana a Freita estava coberta de branco, aproveitei logo para cravar uma boleia até lá acima.

O tempo estava espectacular. Frio... mas com muito sol.

Isso permitiu tirar umas fotos espectaculares.

Que belas paisagens para fotografar a minha nova "precious".

O céu e a Serra juntos numa tonalidade branca e azul.

A altura da neve ainda era assinalável.

A vista para a zona do Serlei.

Lá fui eu pedalando pela estrada em direcção ao cruzamento para o radar e Figueiredo.

Já próximo da zona do radar.

Ao longe, o brilho intenso do sol no espelho que era a Ria de Aveiro.

No bosque junto ao radar.

Lá em cima, o marco geodésico do S. Pedro Velho, o ponto mais alto da Freita.

A vista do que ficou para trás: o radar.

Com vista para o litoral norte e o grande Porto, de onde vinha uma chuvada que, esperava eu, se transformaria provavelmente em neve.

No bosque de vidoeiros junto ao parque de merendas.

Passei pelo Parque de Campismo e segui, sempre por estrada, até à zona da Mizarela.

A vista para a aldeia da Castanheira e a cascata que no verão é apenas uma linha de água.

A Frecha da Mizarela, sempre imponente, mas agora com um caudal que rugia ao despenhar-se serra abaixo.

A Specialized no Miradouro da Mizarela. Aqui começou timidamente a nevar.

Segui até à zona de banhos, próximo da Albergaria da Serra.

Onde começou a nevar com alguma intensidade.

Cheguei à capela de Albergaria da Serra, não sem antes ter sido rodeado, não por dois, nem por três, mas sim por oito cães!!! Que praga! Com algum receio e seguindo a pé, lá me fui livrando deles.

O vale do Caima.

No caminho do percurso do GR28 em direcção ao estradão de paralelos que atravessa o planalto.

Para a posteridade. Com a neve, é muito fácil equilibrar a bicicleta para a fotografia.

A travessia no caminho em direcção à Portela da Anta. Ainda tentei seguir por lá, mas subir em caminhos fora de estrada com neve é quase impossível. A neve cola no relevo do pneu e torna-se um verdadeiro slick: escorrega demasiado.

A foto em cima da ponte de pedra.

Segui pelo estradão em paralelos em direcção à zona inicial, passando pela barragem.

O cenário para trás.

Chegando ao cruzamento perto da central do parque eólico, o nevoeiro surgiu, intenso e frio.

Tentem encontrar o carro nesta foto! O que vale é que andavam devagar.

Pedalando feliz da vida, na serra e na neve!

Cheguei à zona do caminho de acesso ao Coto de Bói.

Foi perto desta zona que tinha partido inicialmente. É impressionante a maneira como o tempo muda depressa na serra.

Lá fui eu pelo estradão. Nesta descida de 15%, a bicla não ultrapassou os 20 km/h... sem travar!!! A neve não me permitia ir mais depressa. Mais abaixo ainda tive de pedalar para descer. Confesso que foi melhor assim pois a falta de visibilidade (+/- 5 a 10m) fazia com que tivesse algum receio de me enganar no caminho.

Por falar em enganar no caminho... Qual é o caminho certo?

Não me enganei e segui pela descida do Coto de Bói.

Olhando para trás... nada!  Nada a não ser as minhas rodadas marcadas no chão, a solidão e o frio da Serra.

Um pouco mais abaixo, a visibilidade melhorava e a neve diminuia.

Cá está o caminho. A foto foi tirada a menos de 100m da anterior.

O caminho estava super duro e técnico por causa das chuvas intensas. Felizmente com a nova bicicleta, a descida foi uma maravilha. A suspensão "come" mesmo tudo!

A perspectiva, olhando parra trás. O cimo do caminho e a neve.

A serra estava envolta num nevoeiro intenso. De baixo, a vista era esta.

Depois desci pelo Percurso Pedestre, no entanto estava muito perigoso e escorregadio, visto que em muitas zonas existem lajes enormes que ficaram cobertas de musgo com a humidade. Ainda me valeu um (pequeno)  tombo, sem grandes mazelas.

A vista a partir de Friães (Moldes) sobre a descida e a serra que tinha "vencido"! Depois foi um regresso suava para casa. Uma grande aventura que me permitiu matar saudades da neve e curtir uma boa dose de adrenalina. Confesso que foi uma aventura algo perigosa por me ter aventurado sozinho na neve. Não recomendo que o façam.

Boas pedaladas

Daraopedal

04
Fev09

Travessia Via Algarvia - desenvolvimentos

daraopedal

Na sequência do post aqui colocado, fui contactado pela Almargem para ver se estava interessado em participar na travessia da Via Algarviana por eles organizada. Já me inscrevi e deixo aqui o cartaz da travessia por eles organizada, pois é uma grande ajuda que me vai facilitar bastante a aventura.

 

 

 

 O objectivo desta actividade é dar a conhecer a Via Algarviana, assim como o interior Algarvio, por onde a via discorre, as suas gentes, cultura, produtos locais, etc. Enfim, no fundo o objectivo de todo este projecto é efectivamente dar a conhecer "o outro Algarve". É bom que não nos esqueçamos que 40% do território do Algarve é Rede Natura 2000, e esses 40% correspondem praticamente a todo o interior e costa vicentina, pelo que são zonas protegidas de grande património natural e cultural.

O plano final é que os caminhantes, cavaleiros e BBTistas cheguemos todos ao Cabo de S. Vicente ao mesmo tempo, onde serão "convocados" os media para fazer uma pequena cobertura do evento. Depois haverá um final de evento com confraternização do pessoal e lanche. O resto é surpresa!

Força, animem-se e venham conhecer esse Algarve que muito de vós certamente terão poucas oportunidades de conhecer, ou pelo menos uma tão boa (e barata) como esta!

Estamos também a tentar organizar algumas actividades ao longo do passeio, como degustações de produtos locais (doces, compotas, mel, medronho) e de (re)conhecimento do que há de bom na Serra Algarvia e costa vicentina.

As etapas serão: Alcoutim-Vaqueiros (58km); Vaqueiros-Salir (60km); Salir-Silves (63km); Silves-Marmelete (43km); Marmelete-Cabo S. Vicente (78km).

A saída será a 6 para chegarmos todos juntos ao Cabo S. Vicente dia 10 às 16h00.

Os participantes podem realizar a travessia na íntegra ou apenas os dias que desejarem. Para tal basta inscreverem-se por telefone ou email (até ao dia 25 de Março). Atenção que as inscrições são limitadas a 30 BTTistas.

Os preços são de 5€ por dia (25€ total) incluindo seguro, transporte de material e dormida informal. A alimentação fica ao cargo de cada um.

Para mim, são condições excelentes. Para o pessoal que estava interessado em alinhar também, inscrevam-se já!

 

Aqui deixo os contactos:

Almargem Telf: 289412959

nuno.almargem@gmail.com

Jministro@almargem.org

 

Boas pedaladas

Daraopedal

Pág. 1/2