Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

daraopedal.pt

daraopedal.pt

16
Mar09

4º Passeio BTT Odemira - A Caminho da Primavera

daraopedal

Mais um passeio, desta vez por terras alentejanas, na vila de Odemira. A organização era do BTT Odemira que nesta 4ª edição prometia um evento em grande... e não falhou.

A orgzanização da prova esteve impecável em tudo, começando logo pelo levantamento dos dorsais e brindes. Foi chegar, dar o número e andar! Assim é que eu gosto.

A zona da partida sempre muito concorrida. Demorou um pouco, mas com tanta gente é difícil ser pontual.

Depois da passagem pelo centro da vila, paragem junto ao parque do rio. A estátua/árvore da rotunda está realmente muito interessante, quem vê parece que foi feita das peças das bicicletas que o pessoal vem partir por estes lados.

O percurso seguiu um pouco junto ao rio Mira...

... antes de começar as intermináveis subidas. Quem é que disse que o Alentejo era plano??!!

Os trilhos foram óptimos, bem largos para poder ultrapassar quando necessário e evitar engarrafamentos.

Neste campo, a 1ª separação entre o grupo dos 25 km e dos 45 km. Eu fiz os 45 km, mas um pouco mais à frente encontrei um fulanos que se tinha enganado, não tinha virado no sítio certo e em vez dos 25, ia agora ter de fazer os 45km!

A organização proporcionou umas passagens pela lama, para o pessoal poder dizer que andou mesmo a pedalar a sério, com lama e tudo!

No fim da subida (afinal tinha mesmo fim), a vista era espectacular. O melhor iria mesmo ser o gozo da descida!

Foram várias as travessias de ribeiros. Ainda tentei evitar molhar os pés. Funcionou nas duas primeiras travessias, mas outras houve onde não havia hipóteses e lá tive de molhar o pézinho... Alguns foram mais destemidos e atiraram-se literalmente à água! Molhar a bicicleta é que não podia ser!

Foram várias as zonas onde pedalámos em pequenas planícias nos sopés dos montes. Trilhos muito agradáveis e bonitos.

Mais uma travessia! Acho que era para evitar o sobre-aquecimento dos motores!

E mais uma...

O primeiro reabastecimento.

Aqui também, a organização esteve muito bem: fruta, barras, água, sumos, sandes, bolo... Não faltava nada. No 3º e último reabastecimento, até vinho e chouriço havia!

A passagem no meio do verde destes campos foi fantástica!

A vista na zona do 2º reabastecimento, àaaaa soooombraaaaa de umaaaaa aaaazinheeeeeira...

Mais trilhos rolantes pelos campos! Espectacular!

Mais adiante, passámos por uma zona com muito sobreiros e azinheiras com descidas muito boas e rápidas. Não evitei um furo (já não furava desde Agosto 2008, se não me engano) por causa deste "pequeno" pico! Lá perdi um bocado de tempo a trocar de câmara, enquanto ia sendo comido vivo pelas melgas!

Ainda deu para contactar com a famosa "Carne Alentejana ®"

Esta ponte não vos faz lembrar a Ponte da Arrábida do Porto?

Depois, junto ao tabuleiro da ponte estava o tal 3º reabastecimento. Seguimos um bocado pela estrada, antes de chegar à última subida (mortal) com muito sol e calor. Felizmente, depois foi sempre a descer até à zona da partida. Mais uma vez, tudo impecável. Apesar de ter chegado no grupo dos últimos (afinal é um passeio ou não?) tinha água quente para tomar banho, sem fila! Impec!

A zona do almoço era no pequeno e agradável parque junto ao rio, onde estava montada uma pequena exposição de bikes...

... e onde a malta das manobras radicais dava um "show di bola"...

Perdão, Show de saltos!

Grandes malucos! A mim é que não me apanhas a fazer isso!

Aqui claro, já tivemos de esperar um bom bocado para almoçar. Deu para bronzear mais um bocado. Lá dentro, uma serviço de catering com um prato com carnes grelhadas (frias, milagres não há!), arroz de passas, buffet de saladas e sobremesas! O que querer mais? Muito bom, mesmo! Dou os meus parabéns à organização que, a meu ver, não falhou em nenhum aspecto! O passeio foi muito bom, com paisagens e trilhos espectaculares. Foram no final cerca de 47 km que fiz bem, embora no final, o calor e o treino (que ainda não é muito) me fizessem penar um pouco. Valeu!

Boas pedaladas

Daraopedal

 

Nota: Mais fotos podem ser encontradas aqui.

09
Mar09

Pedalada no Ludo - Faro

daraopedal

 Mais uma voltinha no Algarve, desta vez em Faro.

O percurso começou junto à Ria Formosa, na zona do parque de estacionamento junto às muralhas.

A linha do comboio separa a cidade da Ria Formosa. A partir daí fomos pedalando seguindo mais uma vez a ecovia passando pela marina de Faro, atravessando a linha de comboio antes do Teatro de Faro para seguir para Montenegro, em direcção ao Aeroporto de Faro.

Passámos na parte de trás do aeroporto, mesmo junto à rede que delimita a área e seguimos pela zona do sapal até chegar à estrada da Ilha de Faro.

Fomos até à rotunda do aeroporto de Faro e voltámos para trás para entrar no Ludo junto às instalações do Moto Clube de Faro.

Já em pleno Ludo apanhámos um engarrafamento.

Estavam todas à sombra. O dia estava muito bom e o calor fazia-se sentir.

Mais uma vista do Ludo.

Ainda deu para brincar um pouco nas zonas utilizadas pela malta dos jipes.

Chegámos à zona dos Pinheiros Altos, com um campo de golfe.

Nesta antiga quinta, o aqueduto serviu de enquadramento para umas fotos.

Mais uma foto.

Na zona do Ludo onde se encontram as salinas.

Foi preciso improvisar umas travessias bem arriscadas, mas sem problemas.

Apanhámos então o trilho marcado de S. Lourenço, da quinta do Lago.

Já na Quinta do Lago, chegámos a este observatório de aves...

... de onde podíamos apreciar este fantástico cenário.

Junto à entrada do Ludo, no final da pista do Aeroporto de Faro.

Ainda deu para dar uma salto à Ilha de Faro, regressar pelo caminho junto ao aeroporto e ainda ir ao Porto de Faro, numa voltinha que deu para fazer 59 km num dia com um tempo espectacular passado na companhia da malta de cá de baixo. Para repetir sem dúvida!

Boas pedaladas

Daraopedal

03
Mar09

Campeonato XC em Castro Marim

daraopedal

Já que estava na zona, nada como juntar mais 27 km aos 49 km da véspera e pedalar por Castro Marim.

Pedalando pelo meio do sapal e salinas de Castro Marim. Na foto, muito pequeninos, está um bando de flamingos.

Outro ponto de vista.

Entrada na vila de Castro Marim.

No horizonte, Vila Real de Santo António.

Uma zona muito agradável, junto à Ermida e Revelim de Santo António.

A zona está muito bem arranjada...

... com um moinho recuperado e proporciona belas vistas em 360º.

Me!

A pista para a prova de XC na encosta do forte de S. Sebastião.

O local da chegada da prova do campeonato nacional de XC.

Era cada "avião" a passar por nós! Tudo equipadinho com material top: XTR e companhia...

Que inveja! E eu com a minha "Trekzita"...

Reparem bem neste pneu... Não estão a ver nada?

E agora? Promoção a um líquido anti-furo! Parece que este funciona mesmo!

Foi uma volta muito porreira para fazer uns quilómetros nas calmas.

Boas pedaladas

Daraopedal

03
Mar09

Ecovia do Algarve de Altura a Tavira

daraopedal

49 km na Ecovia entre Altura (Vila Real de Santo António) e Tavira para aproveitar a paisagem e treinar a resistência.

Existem ao longo da via, vários painéis informativos com o percurso e a distância devidamente assinalados.

O início do percurso junto à ribeira do Alamo.

Mais à frente, a Ecovia segue por um estradão de terra batida...

... pelo meio do campo de golfe da zona.

A vista da Ria Formosa, em Cabanas de Tavira.

Passagem junto à linha de comboio do Algarve.

Uma ponte de madeira sobre a Ribeira do Almargem.

Uma bela zona para apreciar a natureza, no entanto, as construções começam a invadir a zona.

Nesta zona, também há várias salinas.

O Rio Gilão e o centro de Tavira.

A foz do Gilão, foto tirada próximo do cais de embarque para a Ilha de Tavira.

No regresso, novamente junto à ponte sobre a Ribeira do Almargem.

Com a ponte do comboio ao lado.

Passagem por Cacela Velha, com um promontório com uma vista soberba sobre a Ria Formosa.

A vista para Leste. Acho Cacela Velha, um dos locais mais pitorescos do Algarve.

De volta ao ponto de partida, junto ao painel, já ao anoitecer.