Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

daraopedal.pt

daraopedal.pt

30
Dez11

Ciclovia da Av. da Boavista (Porto)

daraopedal

Já tinha lido noutros blogs relatos sobre a nova ciclovia da Av. da Boavista no Porto.

A ciclovia inicia (ou termina - depende do sentido) junto à rotunda do Castelo do Queijo, frente ao antigo café de Bela Cruz.

O espaço, antes desaproveitado, passou a ter uma ciclovia de duas faixas, separadas do transito automóvel por jardineiras de cimento e uma zona com relva.

A vista noutra perspetiva.

Esta zona de transição não tem o piso avermelhado. Pelo que entendi, tem a ver com a utilização desta passagem para a corrida do Circuito da Boavista, sendo uma zona de chicane.

Um outro ciclista na via.

Pouco depois de passar a zona da entrada sul do Parque da Cidade, a ciclovia vira em direção a sul.

Olhando para trás, a vista para oeste.

Daqui para cima, já não há nada a não ser os vestígios das linhas dos elétricos, que servem de estacionamento. Podia muito bem continuar até à rotunda da Boavista.

Boas pedaladas

daraopedal

23
Dez11

Uma esperança de Natal...

daraopedal

Hoje, já que falta pouco para o Natal, podia desejar a todos um santo e feliz Natal como toda a gente. É o que faço, mas para além disso, queria pedir-vos algo especial: apelo a que se inscrevam como dadores de medula óssea. Hoje fui ao centro de Histocompatibilidade do Hospital S. João e inscrevi-me. Já andava para fazer isso há algum tempo, mas fui sempre adiando. Foi uma minha maneira de dar uma prenda a quem precisa, mas também tenho de confessar que não foi algo desinteressado. Não é que goste muito de falar de coisas privadas, mas se há momentos em que precisamos de pedir ajuda, este é um deles. Tenho neste momento uma priminha de 2 anos, a Sara, internada no IPO com uma leucemia e como é óbvio estes tempos são difíceis.
Por isso apelo a todos, INSCREVAM-SE COMO DADORES DE MEDULA! Ajudem a salvar uma vida! Ajudem a salvar a minha priminha.
Agradeço profundamente a todos os que responderem a este apelo inscrevendo-se como dadores.

A todos Obrigado e boas festas.

 

Principais Condições para ser dador:
- Ter entre 18 e 45 Anos;

- Peso mínimo de 50 kg;

- Ser saudável;

- Nunca ter recebido transfusões.

 

Para a inscrição de Dador:
- Apresentar B.I/cartão de Cidadão

- Preencher formulário disponível no local

- Realizar uma pequena colheita de sangue (20ml)
- Não é necessário estar em jejum

 

Deixo aqui as informações sobre locais onde podem fazê-lo:

CENTRO DE HISTOCOMPATIBILIDADE DO NORTE

(2ª a 6ª feira das 9h às 17h30,sem interrupção de hora de almoço)

R. Dr. Roberto Frias (Pav. Maria Fernanda)

4200-467 Porto 225 573 470

Mapa ‎do local aqui

 

CENTRO DE HISTOCOMPATIBILIDADE DO CENTRO
Praceta Professor Mota Pinto, Apartado 9041
3001-301 Coimbra / Tlf. 23 948 07 00

 

CENTRO DE HISTOCOMPATIBILIDADE DO SUL
(2ª a 5ªfeira das 8h às 16 horas, 6ªfeira das 8h às 15 horas)
Alameda das Linhas de Torres, 117
1769-001 Lisboa / Tlf. 21 750 41 00

 

Podem também conhecer os locais onde se fazem recolhas devido à campanha de ajuda ao Gustavo (filho do jogador Carlos Martins) consultando o site do facebook da campanha (https://www.facebook.com/vamosajudarogustavo). Ajudar o Gustavo é ajudar qualquer outra pessoa que necessite de um transplante!

 

18
Dez11

Passeio das Pontes do Douro

daraopedal

O tempo para pedalar e para blogar tem sido pouco, mas ainda tenho alguns posts para colocar. Um deles é este sobre uma voltinha por Gaia que passou pelas várias pontes sobre o rio Douro. Algumas delas não são novidades, mas outras foram uma novidade.

Nunca me tinha aventurado pelo cais de Quebrantões e junto à ponte D. Maria II. Foi uma agradável surpresa a descoberta de uma zona com vistas diferentes do habitual sobre o rio e o Porto.

O Monumento ao dador de sangue junto à câmara municipal de Gaia foi o ponto de partida, com descida pela avenida da República abaixo até ao tabuleiro superior da ponte D. Luís. Aí, foi seguir pela ruela que existe entre o edifício dos móveis Lima (quem não conhece aquele edifício mesmo em cima da ponte e do rio?) e o monte da Serra do Pilar.

A vista para as Fontainhas.

Ruínas na margem do rio, com o Porto em pano de fundo.

A estranha capela do Sr. do Além, sobranceiro ao rio.

Uma pena ver o poatrimónio assim ao abandono.

O local tem um grande encanto e as vistas são impressionantes. Merecia a recuperação e divulgação turística.

Big boat... small boat.

Lá em cima, o quartel militar no topo da Serra do Pilar.

O Porto e a muralha Fernandina.

My bike!

O rio e a luz.

O rio e a luz (2).

A ponte do Infante que desvia o trânsito automóvel do tabuleiro superior da ponte D. Luís.

Não há que enganar, é seguir sempre junto ao rio.

As duas pontes ferroviárias: a antiga ponte D. Maria II, hoje desativada, e a ponte S. João.

A ponte D. Maria foi recentemente restaurada, mas continua sem aproveitamento. Já ouvi falar há uns tempos (demasiado) do seu aproveitamento para uma ciclovia. Era muito bom que isso se concretizasse um dia.

Under the bridge.

Não há dúvidas: Made in France (1877)

O arco e o barco.

A ponte S. João e ao fundo a ponte do Freixo.

"T"

Sempre me intrigou esta estranha construção junto à ponte. Sempre olhei para aquilo perguntando-me o que seria. Recentemente descobri que era um edifício de apoio à construção da própria ponte. A estrutura esteve ao abandono, mas pelos vistos a câmara de Gaia celebrou um protocolo com a CP (ou REFER) para o uso do mesmo. Pelo que percebi passará a albergar atividades ligadas ao remo.

Para já a zona serve de acoradouro para alguns barcos que fazem passeios pelo Douro.

Para quando uma ciclovia/passeio até ao areal do Freixo. Esta zona do rio merecia ser "devolvida" à população.

O suburbano.

Gincana de barcos?

No regresso pelo mesmo caminho, a ponte D. Luís e a torre da capela do Sr. do além.

Descida em direção...

... ao tabuleiro inferior...

... da Ponte D. Luís, em pleno caminho português de Santiago. É possível ver a seta na beira do passeio (no fundo da imagem).

O cais de Gaia e os barcos Rabelos.

Rabelos e a ponte D. Luís.

"My favourite Douro spot" :-)

Em direção à ponte da Arrábida.

Passing by...

Foz do Douro em contraluz.

Quem diria que este veleiro está ao largo do Porto e não em alto mar?

Boas pedaladas

daraopedal