Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

daraopedal.pt

daraopedal.pt

31
Jul06

Arouca – Areinho – Arouca (23/07/06)

daraopedal
Com o calor que estava, passar o dia no rio era uma óptima ideia.
Com o calor que estava, passar o dia no rio indo até lá de bicicleta, já parece, para muita gente, uma ideia menos boa.
Mas foi mesmo assim.

A ideia era sair cedinho para evitar o calor. Mas quem é que consegue acordar cedo um domingo de manhã?
Por isso eram 11 horas e o pessoal lá começou a pedalar, partindo da câmara municipal. O percurso era simples, afinal era só ir pela estrada 326-1, em direcção a Alvarenga.
A dificuldade era mesmo o facto de metade do percurso ser a subir e outra metade ser a descer. A altitude do ponto de partida era de 304m e o ponto mais alto atingia cerca de 640m e o final ficava a 168m acima do nível do mar.
A subida inicial fez-se bem e a descida ainda melhor, já que cheguei à velocidade máxima de 68.5 km/h. Não dava mais! Os pneus não deixam :-D
A chegada à praia foi pouco depois do meio dia.

A praia do Areinho é uma das praias fluviais de Arouca e é a primeira a ter (pela 1ª vez) bandeira azul!

É um óptimo local para passar algum tempo e beber umas caipirinhas no barzinho com um grupo de amigos à noite.
Entre banhos de água e de sol, o dia passou muito bem. Deixámos para o final da tarde o regresso para evitar o calor e o sol na “hora do cancro”.
O regresso começa logo muito bem! A subida da estrada secundária que liga a praia à N326-1 é uma daquelas subidas que deixa o coração a bater no “Red line”. Logo aí, foi preciso parar para recuperar o fôlego.

Parece que não há ar que chegue nessas alturas! Pelo menos dá para apreciar a vista da ponte de Alvarenga sobre o rio Paiva.
Depois não há história, é encontrar o ritmo certo e pedalar, pedalar, pedalar… até chegar ao fim da subida, muitos quilómetros lá à frente e lá em cima. Ao longo dessa subida, o grupo dividiu-se fruto dos andamentos muito diferentes. A descida até Arouca é mais uma daquela que se faz em 10 minutos depois de uma hora a subir… So much hard work, for so little fun!
De qualquer maneira, por estes lados este é o lema: “Subir muito tempo, para descer em pouquíssimo” :-D
Mesmo assim, eu adoro!
Boas pedaladas
Daraopedal

1 comentário

Comentar post