Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

daraopedal.pt

daraopedal.pt

17
Mar10

Pedalando pela Linha do Tâmega [Amarante]

daraopedal

Depois de muito tempo parado e sem nehuma aventura de registo, decidi ir à descoberta da linha do Tâmega, pois, depois da linha do Vouga, ficou um gosto especial por este tipo de percursos. Na net, pouca ou nenhuma informação se encontra. Entao acabou por ser uma descoberta. Tracei no mapa o trilho com o objectivo de ligar Amarante a Celorico de Bastos.

Cheguei à Estação de comboio de Amarante onde iniciei o percurso. A ciclovia existe a partir desse local e caracteriza-se por um piso arenoso (com saibro) ideal para pedalar e sem o impacto algo negativo do habitual revestimento betuminoso. O percurso está delimitado por trave de madeira de um lado e outro da via. Possui algumas comodidades como como zonas de repouso (bancos) e caixotes do lixo. Pelo que me apercebi é um percurso bastante procurado, pois cruzei-me com muitas pessoas: umas pedalando como eu, outras correndo ou ainda simplesmente caminhando.

As paisagens são principalmente características de zonas rurais, com vastas zonas de vinha e com o Tâmega pontualmente a surgir por entre a vegetação. Não há nenhuma dificuldade no percurso que percorre cerca de uma dezena de quilómetros entre Amarante e o lugar de Chapa. Pelo percurso passamos pelas antigas estações de Satão e Chapa, uma delas completamente em ruína e outra habitada por alguém.

De destacar a passagem, na parte inicial do percurso, por um túnel com algum comprimento, (o que não deixa de ser divertido), os bonitos azulejos que cobrem as estações e a vista sobre a ponte da Ribeira de Santa Natália.

A unica coisa que desiludiu foi mesmo a curta distância da ecovia, que soube manifestamente a pouco. ainda tentei prosseguir um pouco pela zona onde existem ainda os trilhos, mas o piso com as traves de madeira e as pedras, bem como a vegetação que está a invadir a linha, não permitiram isso.

Para quando a continuação até Celorico de Bastos?

 

PS. Já agora, se alguém souber de alguma zona desta ciclovia que já esteja pronta, para além da que percorri, agradeço que me contactem.

 

Estação de Amarante

Início da ciclovia

A paisagem fica pouco a pouco menos urbana e mais rural.

:-)

As vinhas locais.

O túnel de Gatão (153m)

Há uma luz ao fundo do túnel.

Antiga estação de Chapa.

Belos azulejos.

Igreja de Gatão

O Tâmega e as suas margens

Ponte de Stª Natália

Rio de Stª Natália

Ainda me dei ao trabalho de descer até ao patamar inferior

A Estação de Chapa é habitada.

Também possui belos azulejos.

O fim da linha ou da ecopista

A preciousss

O fim da Ecopista na perspetiva inversa.

O regresso com outras fotos.

O sistema usado para impedir a passagem de veículos automóveis pela linha é eficaz, mas é incómodo pois obriga à quebra de ritmo.

Um local para várias práticas desportivas e de lazer.

Ainda deu para um cheirinho do caminho de Santiago.

Boas pedaladas

daraopedal

5 comentários

Comentar post