Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

daraopedal.pt

daraopedal.pt

04
Jul12

Travessia da Ponte da Arrábida [Porto]

daraopedal

Atendendo ao facto do Presidente da Câmara de Gaia ter apresentado um projeto para a construção de novas travessias entre o Porto e Gaia, não pude deixar de fazer uma pequena chamada de atenção para a situação da ponte da Arrábida. Nas minhas "pequenas" incursões entre Gaia e o Porto, reparei várias vezes que essa mesma ponte não é nada "bike friendly". Apesar de possuir um passeio largo de um e outro lado, o acesso a esses ditos passeios é bastante complicado e ainda mais perigoso.

Já realizei essa travessia de sul para norte pelo lado montante da ponte, acedendo ao local pelos acessos junto ao Arrábida Shopping (ver esquema acima). Essas vias são de transito rápido e, embora não seja proibido a circulação de velocípedes (a não ser a partir da entrada na autoestrada), os carros que ali passam circulam muito rapidamente e a berma parece reduzida para oferecer alguma segurança.

Para chegar ao local da foto acima é necessário levantar a bicicleta por cima dos rails para passar para a zona protegida do trânsito automóvel. Refira-se que não há qualquer passagem entre os rails para permitir entrar para esta zona. Ora, já vi motorizadas a circular por este passeio. Gostaria de saber como fizeram para ultrapassar os rails.

A partir daqui, o acesso à ponte é muito simples.

O passeio é largo, contudo a fluxo intenso do trânsito da ponte não aconselha a permanência no local durante muito tempo.

Apesar disso, as vistas são sempre muito agradáveis.

Depois de chegar ao fim do passeio é fácil continuar o nosso caminho, saindo pela acesso junto ao Teatro do Campo Alegre, ficando à nossa escolha seguir para a zona do centro, ou descer até ao patamar do rio para continuar até à Foz ou Ribeira.

A vista da ponte.

Pelo lado oposto (a jusante), a entrada para a ponte faz-se pelo acesso aos hotéis existentes na zona. É necessário aceder à zona dos hotéis Ibis e atravessar o parque de estacionamento junto a um edifício de uma empresa. Aí, encontra-se um portão na rede que aparenta estar sempre aberto. Depois de passar uma estátua estranha, existe umas escadas largas que nos levam até à ponte e permitem também descer aos acessos rodoviários inferiores. Do outro lado, não conheço os acessos. Tenho ainda de investigar por esse lado.

EDITADO: A ÚLTIMA VEZ QUE TENTEI USAR ESSE PORTÃO, O MESMO ESTAVA FECHADO E OBRIGOU-ME A VOLTAR ATRÁS E USAR O PASSEIO DO OUTRO LADO.

Acho que não custava muito tornar esta ponte mais "bike friendly" facilitando os acessos às zonas mais próximas da foz do Douro, quer no Porto, quer em Gaia.

Será que algum político vai ouvir este pedido?

Boas pedaladas

daraopedal