Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

daraopedal.pt

daraopedal.pt

01
Out13

Ecovia Litoral [Espinho - Paramos]

daraopedal

Foi recentemente inaugurada a Ecovia Litoral de Espinho, um percurso de 12 km, que liga a praia Marbelo à Praia Pau da Manobra e daí até junto da Lagoa de Paramos. O percurso inclui o famoso "calçadão" de Espinho, aproveita as obras de requalificação do litoral da parte sul da cidade (junto ao bairro dos pescadores), onde foi desenhada uma pista junto à praia. Segue para sul e, junto a paramos, inicia um círculo que rodeia a zona do aeródromo de Espinho.

A partir daí foram criados passadiços duplos de madeira.

Ainda não percebi se a ideia é colocar os ciclistas de um lado e os peões de outro, ou se é apenas para ir por um lado e regressar pelo outro.

Chegada à praia de Silvalde.

Não faltava gente a pedalar, junto aos coloridos blocos de cimento.

A partir daí, o percurso bifurca. Seguindo pela esquerda...

... encontramos o conhecido passeio colorido.

Voltamos a seguir para sul...

... passando junto ao Oporto Golf Club...

... até encontrarmos os muros do Regimento de Engenharia de Espinho.

O percurso no piso colorido termina na rua de acesso ao Aeroclube Costa Verde.

Voltamos então ao passadiço de madeira.

Passagem junto ao aeródromo.

Pouco adiante, a paisagem torna-se típica de uma zona pantanosa. Estamos próximos da zona da lagoa de Paramos.

O percurso não é sobre a água, mas o estradão de acesso junto ao passadiço fica por vezes submerso, tal como se vê na foto.

O espelho de água até deu mais encanto ao local.

Quase na hora do pôr do sol.

Depois de cegar junto à praia, o percurso vira para norte para regressar a Silvalde.

Uma embarcação típica da pesca vareira.

Vista para o casario em Paramos.

Já com a capela da Senhora da Aparecida à vista.

Vista para capela de Paramos.

Depois de passar na zona da praia de Paramos, voltamos a um novo passadiço que nos leva até Silvalde, onde voltamos a encontrar o percurso anterior.

Um percurso muito agradável que promete dar outra vida a esta zona.

Recomendo a visita.

Boas pedaladas

daraopedal

24
Mai13

Ecovia do rio Lima (o regresso)

daraopedal

Já tinha percorrido a Ecovia do Rio Lima há uns anos, e entretanto surgiu a oportunidade de regressar a este local para apreciar as belezas das margens do Lima.

A partida deu-se em Ponte de Lima, seguindo em grupo até Ponte da Barca.

O grupo

O rio Lima entre a vegetação.

Passagem junto aos campos.

Na zona dos Moinhos da Gemieira, uma das mais belas do percurso.

Depois das recentes chuvadas, o caudal que passa junto aos moinhos corria de forma intensa.

O rio e os moinhos.

Seguindo a pedalar.

O mau tempo da altura tinha deixado marcas na Ecovia. Encontrámos esta árvore caída que nos obrigou a furar entre os ramos.

O rio ainda não tinha regressado totalmente ao seu leito.

A travessia dava direito a pezinho molhado.

A beleza do trilho.

Mais um obstáculo. Parte da via tinha sido levada pelas águas. Não dava sequer para dar um saltinho!

Mais adiante, o passadiço de madeira tinha sido levado pela enxurrada. Decididamente, esta não terá sido a melhor altura para fazer este percurso.

As armadilhas do peixe.

O imponente viaduto que passa por cima do rio.

Já perto de Ponte da Barca, este banco incluem um sistema para prender as bicicletas. Uns dias antes, até poderia ter sido para prender o barco.

A fonte santa, cuja água continua a correr com um aspeto estranho, mas segundo dizem tem propriedades benéficas.

Na chegada a Ponte da Barca

A ponte encontrava-se a ser restaurada

Já de regresso a Ponte de Lima pelo mesmo percurso, ainda houve oportunidade de pedalar um pouco por esta bela vila, a mais antiga de Portugal.

A ponte de Ponte de Lima, por onde passei a caminho de Santiago há uns anos.

Acabei por seguir um pouco até à zona das lagoas de Bertiandos para descobrir a parte que liga Ponte de Lima a Viana do Castelo. Ainda não conheço esse percurso e espero fazê-lo integralmente um dia.

O barqueiro

Esta parte da ecovia tem o piso desta forma: um parte para os ciclistas (e alguns carrinhos de bébé que apanhei pelo percurso) e outra para peões.

A Crosstrail foi a minha montada.

O fantástico Solar de Bertiandos.

Sinalética da Ecovia.

Uma pequena mudança no tipo de piso.

Sinalética.

Foi sem dúvida um dia bem passado em terras minhotas.

Boas pedaladas

daraopedal